Edgar Montes Leite, violino​

Filho de músico, Edgar Leite começou seus estudos musicais aos oito anos de idade com seu pai. Em seguida passou a estudar violino com os professores Yoshitame Fukuda, Márcia Fukuda, Elisa Fukuda, Esdras Rodrigues e Pablo de Leon. Bacharel em violino pela UNESP, PPC (Professional Performance Certificate) e Mestrado em violino pela Lynn University, EUA (como bolsista da Fundação VITAE e bolsa concedida pela Lynn University). Nos EUA foi aluno de Sergiu Schwarts, Elmar Oliveira (medalha de ouro no Tchaikovsky Competition) e Carol Cole (spalla da Florida Philharmonic). Participou de diversos festivais de música dentre eles: Festival de Inverno de Itu, Campos do Jordão (spalla), Juiz de Fora (spalla), Stringendo (professor assistente, EUA). Vencedor por dois anos consecutivos do concurso jovem solistas da Orquestra Experimental de Repertório na categoria Música de Câmara. Com o Trio Haikai, chegou a semifinal do Gaetano Zinetti Competition (Verona, Italia), alem de diversos concertos pelo Brasil.
Edgar Leite participou de masterclasses no Brasil, EUA e Hungria com renomados professores: Boris Belkin, Eric Friedman, Soh-Yun-Park, Marcelo Guershifield, Mathias Tacke, Gerardo Ribeiro, Lewis Caplan (Julliard University), Elmar Oliveira, Sandor Devich (Quarteto Bartok), Peter Szabo, Arnold Steinhardt (Guarneri Quartet) e Orlando Cole (Curtis Institute). Nos EUA estudou excertos orquestrais com o renomado professor Stephen Majeske (chefe de naipe da Cleveland Orchestra) e professor Robert Hanford (spalla da Chicago Opera). Foi membro efetivo de importantes Orquestras Brasileiras como Experimental de Repertório, Camerata Fukuda, Camerata de Jundiaí, Filarmônica de São Bernardo do Campo, Camerata Bank Boston (Spalla) e OSUSP.
Edgar Leite tem se apresentado em importantes Salas de Concerto no Brasil, e EUA, entre eles Teatro São Pedro (São Paulo), Teatro São Pedro (Porto Alegre), Teatro Municipal de São Paulo, Auditório Camargo Guarnieri, Centro Cultural São Paulo, Museu do Ipiranga, Mosteiro de São Bento, Armanick Goldstein Hall, Saint Andrews Hall, Kravis Center for the Performing Arts, entre outros. Como solista, se apresentou com as orquestras Municipal de Jundiaí, Sinfônica de Limeira, Camerata Pacto Musical, Orquestra Limiar e Orquestra Capemisa, interpretando os concertos de Bach em sol menor, Mendelssohn em Mi menor, "As quatro estações" de Vivaldi, Oblivion de Piazzolla e duplo de Vivaldi para violino e cello .
O Jornal “Palm Beach Post” (EUA):
“[…] The disciplined, mature playing of Brazil’s Edgar Montes Leite in music of Brahms […].”
Albert George Schram, Maestro Nashville Symphony:
“[…] Excellent player, wonderful musician and a section leader […].”
Nos Estados Unidos exerceu grande atividade camerística como primeiro violino do Jade String Quartet, se apresentando em diversas cidades. Foi membro das orquestras ACO (Atlantic Classical Orchestra), Philharmonia Orchestra Lynn University (spalla e chefe dos segundos violinos), Lynn Chamber Orchestra (spalla), Symphony of the Americas e Treasure Coast Opera (chefe dos segundos violinos). No Brasil lecionou pela UNASP, masterclasses e aulas particulares. Nos EUA realizou intensa
atividade como professor de violino, música de câmara e excertos orquestrais na Dreyfoos HighSchool for the Performing Arts, Lynn University Preparatory Department (Florida), Lake County Conservatory (Chicago) e Yours Project (Chicago).
Atualmente é membro da Orquestra Sinfônica do Theatro Municipal de São Paulo, primeiro violino do Quarteto Quadrus Chordarum, professor no instituto Baccarelli e professor da Faculdade Santa Marcelina.